CHEVROLET SONIC: OPINIÃO DO DONO

dono-sonic

Confira as impressões de um proprietário do Chevrolet Sonic e saiba mais sobre o desempenho do hatch

Uma das grandes apostas da Chevrolet para se conectar ao público jovem é o Sonic. O modelo, que chegou com a proposta de inovar no visual, enfrentou de frente carros bem-sucedidos no mercado nacional, como o Ford New Fiesta, o Hyundai HB20 e o Fiat punto. Você já conferiu o que dizem os proprietários do New Fiesta e agora chegou a vez de questionar um dono de Sonic. O bancário Gustavo Araujo, de 24 anos, comprou uma unidade da versão mais básica com transmissão automática há cerca de um ano e conta suas impressões sobre o hatch.

Dono: Gustavo Araujo, de São Paulo – SP

1) Qual versão você escolheu do Chevrolet Sonic? Por que optou por ela?
Escolhi a LT com transmissão automática porque achei o custo-benefício muito bom. Em relação à LTZ, não tem, basicamente, apenas os bancos de couro, as rodas com aro maior e os faróis de neblina. E a diferença para a LT manual em termos de preço era pequena.

2) Você se interessou por outros modelos além do Sonic? O que pesou na decisão final?
Quando fui comprar o carro, estava pensando ou no Chevrolet Onix LTZ ou no Hyundai HB20 1.6. Pesou para mim o fato da diferença de preço ser baixa e o Sonic ter transmissão automática e motor 1.6, quando comparado ao Ônix 1.4. Com relação ao HB20, embora o motor seja bom e novo, ele está acoplado a um câmbio de quatro marchas. As seis velocidades fizeram uma boa diferença, além da marca ser GM – ainda considero que a montadora tem um atendimento de pós-vendas muito bom. Apesar de não ter o sistema multimídia (presente no Mylink, do Ônix, e no HB20), prezei por alguns detalhes mais técnicos. Achei o acabamento bastante semelhante. Isso sem falar no fato de que o Sonic estava disponível.

3) Instalou algum acessório ou opcional?
Não.

4) Quando você comprou? Quanto tempo demorou para receber?
Comprei em dezembro de 2012. A concessionária tinha em pronta entrega. Em menos de 10 dias da minha decisão, estava com o carro.

5) Como foi o atendimento da concessionária?
Fui muito bem atendido nas duas concessionárias em que fui ver o carro. Comprei em uma pois consegui melhor preço do que na outra.

6) Quanto pagou?
R$ 50.000

7) Quantos quilômetros já rodou?
Rodei aproximadamente 17 mil km com o carro.

8) Abastece com etanol ou gasolina? Qual a média de consumo?
Abasteço com gasolina. Ele faz uma média de 8km/l na cidade e 11km/l na estrada. Uns 80% do tempo, com o ar ligado.

9) O carro já apresentou algum tipo de problema? Qual? Foi resolvido?
Nenhum problema até agora. Tive que levá-lo na concessionária por causa do recall, mas ele nunca apresentou nenhuma anormalidade.

10) Pontos positivos:
Considero o conjunto do powertrain muito bom. O motor responde bem tanto na cidade quanto na estrada. A transmissão tem trocas suaves e precisas e encaixa bem com o motor. Me surpreendi positivamente com o acerto.
Acho os bancos bastante confortáveis (faço viagens longas com frequência) e os comandos no volante facilitam bastante.
Além disso, acho o design do carro bastante interessante.

11) Pontos negativos:
O consumo na cidade poderia ser melhor e o porta-malas é apertado. Eu tinha um Corsa hatch que parecia caber mais coisas. Falta o Mylink (presente no modelo 2014) e os vidros, apesar de elétricos, não sobem automaticamente no trancamento das portas.

Outras notícias

@ 2014 - Chevrolet - Codive. Respeite os limites de velocidade.